Saúde Prefeitos se unem para criar consórcio e agilizar compra de vacinas.

A Comissão de Vacinas da Frente Nacional de Prefeitos se reuniu nesta segunda-feira (1º) com cerca de mil gestores municipais interessados em aderir a um consórcio nacional para comprar vacinas contra a covid-19. O grupo também pretende usar a ação coletiva para comprar insumos, como oxigênio hospitalar.

A Frente Nacional de Prefeitos informou que, neste primeiro dia, 66 municípios formalizaram o interesse em participar da iniciativa. O prazo para adesões fica aberto até meio-dia da sexta-feira (5).

O presidente da Frente, Jonas Donizette, anunciou que a entidade vai produzir um modelo de projeto de lei para os prefeitos enviarem às câmaras de vereadores. A expectativa é que o consórcio saia do papel ainda este mês.

Sobre a origem de verbas para o consórcio, o presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Jonas Donizette, afirmou que existem três possibilidades. A primeira é conseguir o dinheiro com o governo federal; a segunda é que organismos internacionais financiem a compra de vacinas e insumos; e a terceira origem de recursos poderia ser a partir de uma articulação de investidores brasileiros, liderados pela empresária Luiza Trajano, para levantar verbas no setor privado.